Olá!
Tudo bem com vocês? A fim de saber minha opinião sobre mais uma leitura minha? Então vem comigo!

É cruel dar esperanças quando não há nenhuma. Geraria apenas frustração, ressentimento e raiva: tudo o que torna a vida ainda mais difícil do que já é. - Página 31


***
A desigualdade social é uma realidade que afeta as diversas sociedades mundo afora. O jogo do poder, a ganância e atos cruéis são retratos da imperfeição e da vaidade humana, que podem ser vistos na distopia da roteirista Victoria Aveyard, A Rainha Vermelha, publicada pela Editora Seguinte.

Nessa ficção o mundo é dividido entre pessoas de sangue vermelho e os prateados. No lugar chamado Norta, a paz é um ato desconhecido, tudo porque os povos vermelhos são escravizados e maltratados, obrigados a trabalhar para servir à elite prateada, poderosa por ter um diferencial: eles têm poderes. Mare Barrow é uma garota que mora nas Palafitas e que sobrevive de pequenos furtos que faz na cidade, enquanto sua irmã tem um emprego no palácio dos superiores. Quando completar dezoito anos a garota será enviada para o exército – por não ter uma ocupação -, onde as chances de sobreviver são mínimas. Mas na tentativa de evitar esse destino, a vermelha acaba encontrando um rapaz misterioso e consegue um emprego no palácio do Rei, onde irá descobrir que ser vermelha pode até significar fraqueza e submissão naquele lugar, mas ela é diferente e descobre um forte poder, que a torna a única esperança de um mundo melhor.

Mentira, inveja e jogo de poder são características que transparecem na estória. Há uma crítica que aponta a desigualdade social e a realidade das elites hipócritas com toda sua futilidade. Além disso, a autora nos mostra as falcatruas do governo, acostumado a maquiar informações a serem transmitidas. A verdade está nas mãos de quem tem o poder e é absoluta. Mas a esperança sempre é a última a morrer e sempre teremos heróis capazes de lutar por um mundo melhor.

A ideia do livro é ótima e nos convida a repensar nossas atitudes perante a sociedade e ao próximo. Pelo que estamos lutando? Pelo que devemos lutar? É uma grande revolução pela busca de mudanças, algo que estamos vivenciando hoje no nosso país. No entanto, a narrativa da Victoria, por vezes, torna-se complicada por conta de uma característica simples, mas corriqueira: a autora nem sempre se aprofunda nas cenas e diálogos, deixando muitos acontecimentos implícitos. Isso não só torna a leitura confusa, mas a deixa chata também.


Comparei minha leitura a uma montanha russa: vai da calmaria à tensão. Os primeiros capítulos são devagar demais, depois se tornam empolgantes demais e então esfria novamente.

Os personagens não me cativaram e pela primeira vez eu não gostei da protagonista de um livro nem do casal formado, embora não haja um foco maior em cima do romance. Acredito ser difícil se aprofundar na história se você não consegue ser amigo ou admirar um personagem, a ponto de sentir a catarse dominando suas emoções durante a leitura. Eu, particularmente, não consegui “lutar” por ninguém.

A rainha vermelha tem tudo para ser uma grande trilogia, só precisa organizar melhor os detalhes das cenas não convincentes, que não conseguem inserir você na história por completo. Eu gostei do que li, mas queria e esperava mais desse primeiro livro. Mesmo assim não posso deixar de apontar o poder que a estória tem de extrair do leitor o senso crítico e argumentativo.

Essa foi a minha visão do livro e essa resenha faz parte do projeto de leitura coletiva, idealizada pela Renata, do blog Who’s that girl.


Vejam também outras opiniões sobre A rainha vermelha nos blogs:


É só clicar nos links e ler mais.

Até o próximo papo, gente.
Até mais,

Bjux, bjux do Diih

17 comentários:

  1. oiii

    Gostei da sinopse.

    bjokas=)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Diego! Tudo bem? Sabe quando a gente tem algum pressentimento ruim em relação a alguma coisa? Então, foi o que tive desde a primeira vez em que vi "Rainha Vermelha". Algo me dizia que se eu lesse, ia detestar o livro, e foi por isso que nunca o li. Mas apesar disso, vejo que a obra ainda tem alguns pontos positivos, né? Ainda bem. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção de "Johnny Bleas - Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
  3. Oi Di!
    Sua resenha ficou perfeita! Concordo com você e acho que A Rainha Vermelha tem tudo para ser uma ótima trilogia. A premissa é muito boa e confesso que fiquei curiosa para saber o que vai acontecer agora depois daquele final.. Espero que a autora se organize e nos surpreenda no próximo volume!!
    Além disso, também tive essa sensação em relação aos personagens. Nenhum me cativou e não consegui "lutar" por ninguém.
    Vamos aguardar o lançamento do próximo ;)
    Beijos!

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Montanha Russa é uma ótima definição para os sentimentos que a leitura do livro traz. Também não gostei do casal principal, e definitivamente, torci muito pela pessoa errada. Mas, acredito que tem muita surpresa pela frente, resta saber se mais surpresas boas ou ruins.

    Bjs
    http://www.palavrasencenadas.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Di! Sua resenha ficou ótima! :D

    Foi exatamente isso que faltou: organização! Victoria pecou em jogar muita coisa e não se aprofundar em nada o que me fez, assim como você, não me conectar com a protagonista. A dor dela não era minha dor, a causa dela não era a minha causa! =/
    Mas eu tenho esperança...a Victoria pode nos surpreender! E assim eu espero! hahaha

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook - Participe do sorteio e concorra a um exemplar do livro Como Eu Era Antes de Você e a um lindo marcador de página pintado à mão! :)

    ResponderExcluir
  6. Faz um tempo que olho para esse livro e fico em dúvida se irei gostar ou não. Ainda estou me decidindo. Ele tem uma capa linda e a história parece ser bem interessante, mas ainda não me convenceu 100%, principalmente agora você dizendo que os personagens não cativaram tanto assim...

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. O livro parece ótimo, pelo menos, pela sua resenha <3

    www.luizlacks.com

    ResponderExcluir
  8. Di, querido!
    Adorei a abordagem da tua resenha com o foco na parte política do livro, que é pra mim, um dos pontos mais fortes dele.
    Realmente acho que a personagem principal não convenceu ninguém, né?
    Mas, assim como você, ainda tenho esperanças que a trilogia melhore e acabe sendo incrível!
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  9. Oii Di!
    Adorei sua resenha *0* Parabéns! Acho que todos nós concordamos que falta organização e mais aprofundamento. Tomara que no próximo livro nos apeguemos mais aos personagens e que tudo seja mais esclarecido.
    Beijos, Nathália
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, que legal.
    Já vi algumas resenhas falando que não gostaram do livro, mas gostei da sua ser bem fundamentada. Explicar os motivos sem spoiler.
    Muito bom!

    bj
    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Di, você definiu minha leitura perfeitamente também. Principalmente a questão da montanha-russa! Olha, acho que todos tivemos opiniões bem parecidas, no final das contas. Espero que o próximo livro tenha discórdia! Quero barraco! (risos)
    Bjs

    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
  12. Realmente fica difícil se envolver na leitura se você não se identifica com o personagem principal. Isso já aconteceu comigo e, se o ritmo do autor também não funciona pra mim, então é difícil eu continuar a leitura.
    O que é uma pena, porque a proposta desse livro parece muito boa.

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Di!

    Tenho muita vontade e curiosidade nesse livro. Mas o que me falta no momento é tempo, vou ler quando tiver mais próximo do lançamento do 2 livro.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Di!
    A premissa do livro me interessa bastante, mas as resenhas de vocês estão me colocando um medinho de começar a leitura ahaha. Pena que o livro te decepcionou, mas eu espero lê-lo para tirar minhas próprias conclusões.
    Beijos!
    http://apenasumaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Pense num livro que eu estou louca para ler? Ainda mais agora. Tento não pegar spoilers mais cada spoiler me deixa mais curiosa para ler RS.

    Bjs.
    www.notamentaal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Poxa, tenho visto várias resenhas do livro por aí e aos opiniões são diversas. Mas não dá pra agradar a todos, não é mesmo? Infelizmente, não posso dar uma chance no momento por ter uma lista enooorme de livros na frente. Mas ótima resenha, como sempre.
    Abraços!
    www.oclubedameianoite.com

    ResponderExcluir
  17. Gente, já tinha vontade de ler este livro, depois do deste post a vontade só cresceu. Parabéns. Beijos
    http://www.sabordelivros.com.br

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"