Oi, gente! 


Estou em atraso com algumas postagens – peço desculpas –, mas como vocês já devem saber, os dias de folga deram um “tchau amiguinho” e agora tenho latim e companhia limitada para estudar na faculdade. Sejam pacientes!

Na última segunda- feira (09), enfim, assisti ao tão esperado filme, Simplesmente acontece, e agora estou em dia com a história. Lembrando que, na semana anterior, li o livro num tapa e estava em tempo de enlouquecer se eu não assistisse LOGO ao romance de Alex e Rosie nos cinemas. Não me arrependi, foi lindo. Ok, eu chorei! Tá! Derramei lágrimas enquanto lia as páginas do livro também. Mas de que importa, não é? Vamos ao que realmente interessa, minhas impressões sobre o que li e assisti.

Sobre o livro : ♥♥♥♥
Sou fã da Cecelia Ahern porque, simplesmente, ela é o tipo de escritora que escreve com a alma e conhece as palavras certas, nos momentos apropriados para emocionar o coração de qualquer pessoa. Ahern é Irlandesa, formada em Jornalismo e também autora do best-seller P.S. Eu te Amo (que também teve adaptação para o cinema). Em seguida, publicou O livro do amanhã, A Vez da Minha Vida e O Presente, vendendo, ao todo, mais de 13 milhões de cópias de suas obras. Ela está vivendo em Dublin – não é fraca, não!

O último romance que a autora publicou - também pela Editora Novo Conceito -, conta a história de Alex e Rosie, dois amigos inseparáveis que vivem juntos desde criança, até que Alex se muda para os Estados Unidos e ambos são desafiados a viverem separados, o que não muda em nada na ligação que existe entre eles. No entanto, uma nova perspectiva é colocada em pauta: a amizade será capaz de sobreviver à distância?

Alex e Rosie são do tipo de amigos que não permitem que outros se aproximem, e vivem aquela amizade que todo mundo diz que vai dar em casamento no futuro. Sempre sentam perto na sala de aula, estão sempre juntos nos finais de semana, um frequenta a casa do outro e sabe tudo o que acontece em suas vidas antes de qualquer pessoa. Acontece que, à medida que o tempo foi passando as paqueras começaram a surgir e isso pareceu estranho para o casal. Eles passaram a sentir ciúmes, embora ambos acreditem na pureza da amizade, até que começaram a perceber que havia algo mais envolvido. Mas, como para toda felicidade, uma dose generosa de dificuldade é colocada no caminho; encontros e desencontros fizeram com que os dois amigos se distanciassem.

A autora tratou de um assunto um tanto clichê para os romances da literatura, mas nos surpreendeu na forma como guiou a trama. Eu sofri, chorei, pedi para o tempo correr e tudo caminhou como tinha que ser e não num passe de mágica como nas demais narrativas.

O livro tem uma leitura leve, maravilhosa, em primeira pessoa. Na verdade, é uma história totalmente contada sob as perspectivas de cada um e tudo o que a gente conhece sobre a vida dos dois é contado através de cartas, e-mails, cartões postais, mensagens de texto. O diálogo utilizando esses meios de comunicação pouco utilizados hoje em dia torna a leitura calma e instigante. Prende o leitor de tal forma que você nem percebe o tempo passar e é assim até a última página do livro, quando tudo se resolve. Ou não!

Sobre o filme: ♥♥♥
Acredito que todos os leitores, durante a leitura de um livro, desenham os personagens e os lugares onde se passa a trama, na parede da memória. Um filme nos permite visualizar nossas imagens, embora nem sempre estejam de acordo com o que visualizamos no nosso íntimo.

Simplesmente acontece está longe de ser o tipo de longa-metragem que se aproxima do livro. Atendeu as minhas expectativas quanto à personalidade da Rosie, do Alex e dos demais personagens (preciso destacar a Ruby, maravilhosa); o elenco soube trabalhar muito bem os traços característicos propostos pela escritora quando criou cada um. No entanto o filme mais parece um resumo preguiçoso do que a obra propõe – aconteceu o mesmo com P.S EU Te Amo. As cenas retiradas e algumas mudanças na trama fez com que perdesse um pouco a graça e a história se tornasse puro clichê.

É uma película doce, engraçado; diria que apaixonante também. Quem assistiu ao longa UM DIA, outra adaptação, dessa vez de um livro de David Nicholls, poderá observar a semelhança que há entre as duas histórias. Ambas as narrativas envolvem a amizade e a descoberta de um amor maior, assim como as dificuldades e direções contrários que a vida dá muitas vezes.

Como havia dito, o filme mais parece um resumo do livro e, infelizmente, esse ‘resumo’ tornou a história um pouco “água com açúcar” e comum demais, com poucas “surpresas”. A trilha sonora é maravilhosa, assim como a proposta da trama que traz no elenco principal a Lily Collins, como Rosie Dunne; Sam Claflin, como Alex Stuart e Jaime Winstone, como Rubi.

Eu indico muito a leitura do livro e também indico complementar a leitura assistindo ao filme - dou apenas três corações, mas vale a pena ser assistido depois de um dia cheio e cansativo, por ser leve e doce.

Bjux, Diego F.

12 comentários:

  1. Oie Diego! ^^
    Faz um tempo que quero ler o Livro Simplesmente Acontece, meu interesse por ele cresceu por sentir que ele tem algo de familiar com o meu Livro Favorito, que foi citado aqui na resenha: Um Dia! Sou apaixonada por esse Livro, mas ainda não olhei o Filme, muito raramente assisto os filmes!
    Então imagina a minha curiosidade para ler Simplesmente Acontece! *-* Eu tenho a sensação que vou me emocionar muito e gostarmuito da história!

    Abraços e até logo!
    Bom final de semana! ^^
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, o livro é lindo, o filme é mais ainda. É muito difícil eu gostar de ambos nessas adaptações, mas olha, me surpreendi. Foi um dos melhores filmes que vi esse ano, apesar de diferente, gostei de como as histórias foram contadas.

    Beijos

    www.estranhanoparaiso.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não li Simplesmente Acontece e não tenho vontade de ler, mas sua resenha e a comparação com o filme ficou muito bacana. Creio que é normal tornarem o filme mais romântico e simples pra conquistar mais público. Acho a Lily Collins uma ótima atriz (:

    Beijos,
    Belle Hendges

    ResponderExcluir
  4. Oi Dieeegooo!
    Confesso que não tinha lido o livro ainda e que queria muito ver o filme e depois de ler esse post, não sei se tenho mais vontade der o livro ou de ver o filme kkkkk mas estou muito ansioso e cheios de expectativas para os dois, espero gostar :)

    Abração,
    Johnny Campos
    Blog Aventuras em Livro
    www.aventurasemlivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oiiii, ainda não assisti ao filme, mas parece ser muito bom a produção, kkk
    já vi bastante comentarios sobre ele, e a maioria são positivos, acho que vou ler...

    Dá Uma Passadinha Por lá: http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Diego, tudo bem? Super queria ler esse livro antes do filme, mas acho que minha ansiedade pra ver o longa não vai deixar hahaha, apesar de que, depois de ler sua resenha, penso eu que posso assistir ao filme e me encantar ainda mais com o livro depois. Minha amiga também descreveu do mesmo jeito que você: doce.

    Obrigada pelas dicas de aplicativos.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  7. Oi Diego! Tudo bem?

    Estou desesperado para ler esse livro desde o lançamento do trailer do filme, a história me fascinou! E não arriscarei assistir ao filme antes de ler o livro, ><, hah!

    Adorei sua resenha e também sua crítica ao filme, eu fiquei admirado com sua simceridade :3

    Abs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não li nenhum livro dessa escritora. Já assisti o filme P.S. Eu te amo e achei tão lindo. Mas já aprendi que os livros sempre vão nos encantar mais. No filme ou alteram os acontecimentos ou cortam partes importantes.
    Adorei a resenha!!!
    http://transformandocomcriatividade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu estou loucaaaa para assistir e para ler essa história! Já li P.S. Eu te amo e ameiii, então certamente vou me apaixonar por esse livro também! Adorei a sua resenha!!! Beijos e tenha um ótimo sábado!! :D
    Maluquice de Garota
    Facebook
    Twitter

    ResponderExcluir
  10. Fala Diego!!
    Simplesmente achei uma leitura deliciosa.Como você disse a gente nem vê o tempo passar...gosto muito do estilo da autora.
    Ainda não vi o filme,espero ver o quanto antes.
    Abraços!!!

    http://livreirocultural.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas assisti o filme e gostei bastante. Parabéns pela matéria e pelo blog, ambos estão de parabéns. :D

    ResponderExcluir
  12. Sou louca para ler esse livro! Vi o filme faz um tempinho - mês passado, eu acho -, e gostei. Esperava um pouco mais do filme mas foi o que você disse, o filme ficou um pouco clichê. Mas é ótimo para assistir e passar o tempo sem nem notar.
    ps: amei seu blog *-*

    xoxo
    paperdream-s.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"