Oi, gente!
Feliz dia das crianças para todos os pequenos que visitam o Vida & Letras, os filhos dos visitantes do blog e um happy para você, adulto, que não perdeu a alma de criança como eu. Gostaria de presentear vocês com uma resenha especial, sobre uma garota guerreira que lutou pelo seu direito de aprender e ir para a escola. 



“Malala era uma menina que queria ir para a escola. Mas, no lugar onde vivia, isso era proibido. Livro, só escondido. No caminho para a escola havia muitos perigos. Riscos inimagináveis de morte até.”
“Esse caminho se chama vale do Swat.”


***
Sabemos que o sistema de educação no nosso país não é dos melhores. Algumas escolas sofrem com a carência de materiais para que os professores ministrem suas aulas e com estruturas precárias das escolas em alguns estados. Algumas crianças se esforçam junto aos professores nessa troca de aprendizado, outras preferem se afastar. Portanto, se eu pudesse ler esse livro e falar um pouco dessa história para essas crianças que desistem de estudar e de lutar todos os dias, eu faria. 

Malala, a menina que queria ir para a escola, é a mais jovem ganhadora do prêmio Novel da Paz, morava no Vale do Swat, num país chamado Paquistão. Lá as mulheres não tem voz: elas são silenciadas, escondidas, afastadas de toda e qualquer possibilidade de expressar opiniões. Por isso, Malala Yousafzai foi perseguida. Ela queria estudar, expressava suas opiniões e mostrava sua voz. Ia todos os dias para a escola, era a garota destaque da turma, dona de uma inteligência admirável e muito querida entre os professores e amigos. Mas, como já foi dito, estudar naquele lugar era perigoso. Todos os dias as meninas do vale do Swat saiam com medo, trocando de caminho para que não fossem pegas indo para a escola. Um dia, aos 10 anos de idade, Malala viveu a triste realidade de ver sua cidade invadida por grupos extremistas que por acreditarem que tudo era “Haram” – significa pecado -  proibiram a música, a dança e impuseram que só os meninos poderiam estudar. No entanto, mais uma vez, Malala não se calou e usou suas palavras e sua voz como arma nesta guerra, deixando o grupo furioso. Um dia, ao voltar de ônibus da escola, foi abordada por um Talibã que atirou nela e em duas amigas. Poucos acreditaram que ela sobreviveria.

A história de Malala é contada pela jornalista Adriana Carranca, que recebeu a missão de ir até o Vale do Swat pesquisar e escrever sobre a vida da menina, o que resultou nesse livro lindo. Publicado pela Editora Companhia das letras – no selo Companhia das letrinhas – em maio deste ano, “Malala, a menina que queria ir para a escola” é um presente ao leitor, seja ele criança, jovem ou adulto. Conta com a ilustração maravilhosa da Bruna Assis, jornalista que também é formada em design gráfico.

Adriana conta a história de maneira leve, dialogando com o leitor, como um bom papo, numa roda de contar histórias. Para escrever sobre Malala, a autora e jornalista introduziu informações sobre a geografia do local, além dos grandes acontecimentos históricos que ocorreram lá. Ela cita os costumes e visita pessoas que fizeram parte da vida da heroína para construir a narrativa. 

“É assim que se vestem as mulheres no vale do Swat. Elas nunca mostram o rosto nas ruas, você sabia? Faz parte da cultura local.”

A autora também se preocupou em traduzir algumas palavras e expressões da língua deles, para que possamos visitar sempre que tivermos dúvida. 

Apesar de ser um livro do selo “Letrinhas” – leia-se para crianças -, acredito que esse livro pode agradar mais ao público juvenil do que crianças abaixo de 11 anos, por exemplo. Acontece que a abordagem jornalística está impregnada na narrativa, o que pode não agradar tanto aos pequenos, ainda que seja uma história que cativante. 

Como diz Carranca no prefácio do livro “é uma história tão aterrorizante, quanto cativante”. Malala é um exemplo de luta e coragem. Foi uma criança como qualquer outra que gosta de brincar, no caso dela gostava de ler, amava Harry Potter e até blogueira foi, num determinado momento. Decidida e focada no que queria, a menina que lutou para ir para a escola é uma prova real e valiosa de que a leitura, os estudos e a busca pelo conhecimento é a melhor maneira de juntar argumentos e elevar a voz na lutar pelos seus direitos. 



Eu realmente gostaria que esse livro fosse utilizado nas escolas. Acima de tudo é uma história para se espelhar e espalhar. É um presente para qualquer ocasião. É uma história necessária para aqueles que pensam ou já pensaram em desistir dos seus sonhos ou daquilo que acreditam nessa vida. 

Espero que leiam ou, ao menos, procure conhecer um pouco dessa história. Vale a pena.

Encontro com vocês logo, logo.
Bjux do Diih .

34 comentários:

  1. Tenho certeza que realmente as duas palavras que melhor definem essa história são: aterrorizante e cativante. Ao mesmo tempo que todo o enredo nos deixa apavorados com tal situação, a doçura de Malala se faz presente e consegue trazer ternura. Nem li ainda e já tenho essa certeza. haha Com certeza esse estará na minha listinha. Assim como "Eu sou Malala".

    Beijão, Di. Adorei o post.
    Luana
    http://www.psicoseliteraria.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    A história da Malala é maravilhosa, realmente devemos ter ela como inspiração.
    O que mais me chamou atenção nesse livro foram as ilustrações fofas.
    Abraços

    http://leitoracretina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Talvez seja esta uma de suas missões, Di: a de levar para as escolas ensinamentos tão belos quanto o da jovem Malala :) E aqui no blog você já começou este trabalho né <3 Torço para que no futuro muitas outras realizações sejam possíveis :)

    Bjs,
    Rebeca

    ResponderExcluir
  4. Heey!
    Gosto muito da história da Malala, é simplesmente incrível e inspiradora!
    Essa edição está uma graça, mas acho que eu ainda prefiro ler o "Eu Sou Malala" rsrs
    Abraços!!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
  5. Eu já venho namorando esse livro faz um tempinho! Eeee agora fiquei com mais vontade ainda de ler, sem contar que eu amo as ilustrações dele! <3
    Grande beijo querido! <3

    ResponderExcluir
  6. Estou apaixonada por esta edição, coisa mais linda do mundooo!
    Este certamente vai pra minha estante!
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Diego!
    Esse livro parece ser lindo!, a Malala é uma lição para a sociedade e quero muito conferir o trabalho dessa jornalista.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  8. Ai meu Deus, eu não conhecia e adorei sua resenha! A Malala é a prova viva de que devemos lutar por nossos sonhos.
    Beijo!


    http://imperfeitaas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, meu rei <3

    A história da Malala é muito bonita. Ela não permitiu que as pessoas decidissem o que ela poderia ou não fazer. Sofreu, lutou, e hoje em dia está aí servindo de exemplo para milhares e milhares de jovens oprimidas!! Concordo quando você diz que esse livro deveria ser adotado pelas escolas! É uma lição de vida!!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  10. Oi Di, tudo bom?
    Ainda não tive a oportunidade de ler mais a fundo a história de Malala, mas sei que ela é um jovem guerreira. E esse livrinho parece retratar muito bem isso.
    Adorei essa edição.
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Diego! Tudo bem com você?

    Uma amiga minha disse que uma conhecida dela indicou uma biografia da Malala à ela, que julgou ser super chato e nossa-eu-venci-na-vida-palmas-para-mim #staystrongmalala. Mas, quando ela foi conhecendo melhor a história, disse que teve vontade de sair pedindo pra todo mundo ler. E a gente sabe que pra fazer isso não pode ser qualquer livro, né? Um dia eu leio alguma história da Malala! Prometo.

    Abraços,
    Alfrêdo - http://www.paginou.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Minha mãe é fissurada na história de Malala, dei de presente para ela o livro da Agir, mas ainda quero achar o da Companhia e a presentear, que é bem mais completo. Esse parece ser a fofura em forma de livro <3.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Li algumas premissas e todos vem dizendo que essa história é muito boa!
    Gostei bastante do post!!!
    Beijiinhos

    http://acidadeliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Nossa, que lindoooo! Essa edição parece ser um amor <3 Eu acho a história da Malala muito bonita e concordo com você, devia ser utilizado na escola!

    Adorei o post, de verdade!

    Bjs,
    Tamyres
    Um Amor de Livro

    ResponderExcluir
  15. Oie
    Sou curiosa para ler o livro de Malala, mas edição está muito linda!! Eu vi ela na livraria e fiquei doida para comprar, lerei em breve.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Di! Tudo bem?
    Esse livro parece ser tocante e fiquei com muita vontade de ler. Pelo que você disse sobre ele, também acho que ele deveria ser lido nas escolas. Parece ser um incentivo e tanto à educação :)
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi ...
    "É uma história tão aterrorizante quanto cativante " adorei esse quote !
    O livro parece ser muito bom , já adicionei nos desejados :)
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ai, Di, você falou tão bem desse livro, que eu to quase lendo esse e não o "normal" hahahahaha E seria mesmo lindo ter livros assim nas escolas né? :) quem sabe um dia :) beijoooos
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Opa Di, tudo bem contigo meu rapaz? Primeiramente quero dizer que amei seu cantinho, meus mais sinceros parabéns!

    Sobre a resenha e suas impressões, posso dizer que não conhecia a obra, nem a autora. Achei admirável dela delinear um livro com assunto tão pesado de forma tão leve. Preciso ler para comprovar isto na prática! Este é realmente o dom de não embaralhar as palavras, pois os fatos em histórias dessa origem são sangrentos, muitas vezes e expressar isto para um público muitas vezes tão imaturo, pode ser uma tarefa árdua.

    Obrigado pelo lindo post, com certeza lerei. Abração!

    Ewerton Lenildo - Viajante das Letras.
    viajantedasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Oi, Di! Tudo bem? AH, QUE LINDEZA DO LIVRO! *-----------* Só de ver as imagens que você tirou e ler os seus ótimos comentários a respeito do livro, a minha vontade de ler Malala vai a mil! Espero ler ele em breve! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/10/resenha-premiada-muito-mais-que-5inco.html <- Tá rolando promoção do livro "Muito Mais Que 5inco Minutos" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
  21. Olá Dii!
    Que resenha linda *-* Malala foi uma guerreira e a admiro muito! Ela lutou por algo muito importante e não desistiu. É maravilhoso ver alguém lutar por algo tão crucial como a educação que por muitos é desvalorizada. Essa edição é linda! Quero <3
    Beijos, Nathália
    livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  22. Eu sinceramente não tinha curiosidade para ler esse livro, ele parece fofo na historia e na estática. Acho que darei uma chance.

    Bjs.
    www.notamentaal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Di, confesso que não é muito o tipo de leitura que eu tenho preferência, mas adorei a sua resenha e fiquei bem curiosa. Vou dar uma chance de conhecer melhor a história dessa linda guerreira!
    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bem?
    Esse livro tem uma estória perfeita, ensinamentos incríveis e tudo de bom que alguém pode imaginar.
    Adoraria ler ele. A resenha ficou ótima.
    Até mais.
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Queria muito ler esse livro, não sei porque, mas ele me lembra bastante O Diário de Anne Frank, haha
    Sucesso ai no blog
    blogestrelasdepapel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi,
    A Malala e uma garota surpreendente, a historia dele me chama muito atenção. Mais ainda não tive oportunidade de ler :/
    Gostei bastante da resenha! Adorei o blog *---*

    Beijos ♥
    Livros Para o Chá das Cinco

    ResponderExcluir
  27. Tantas crianças hoje em dia tem acesso a tudo, tem oportunidades na vida, podem estudar em escolas excelentes e não dão valor. Outras que mesmo estudando em escolas não tão boas assim, poderiam enfrentar isso e estudar em casa, não dão a mínima para os estudos e para a educação, e ver que uma criança enfrentou tantas coisas para ter este direito assistido é incrível, me faz manter ainda a fé na humanidade, e achar que este mundo ainda tem jeito.

    ResponderExcluir
  28. Estou querendo um desse livro p a minha filha da editora cia das letrinhas por favor me indiquem um sebo q tenha pois nao consigui ainda.

    ResponderExcluir
  29. estou precisando de um livro deste p minha filha tem q ser da editora Cia das letrinhas Autora Adriana Carranca. se alguém puder repassar ou me vender ou me indicar algum sebo, agradeço desde já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Macedo, tudo bem? Se você entrar no site da editora Companhia das Letras você consegue encontrar o livro. No site da Saraiva, da Amazon, submarino... Você consegue comprar por um valor baratinho.

      Espero que consiga.
      Um abraço

      Excluir
  30. Parabéns você escreve muito bem! Você tem opiniâo! Na minha escola eu estou trabalhando com esse livro, e justamente amanhã tenho uma provinha dela. me ajudou. Eu adorei muito o livro, Malala é uma mulher em que me inspiro, ás vezes reclamamos do que temos ou que não temos e queremos ter, e esquecemos que ela passou por momentos muito piores que os nossos e está aí, mudando o mundo e fazendo história!

    ResponderExcluir
  31. Oi pessoal!
    Já tive a oportunidade de a professora ler o livro na classe de pedagogos,pensa no silencio total dos alunos,é cativante e prende mesmo ...MARAVILHOSO
    RECOMENDO...

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"