Olá!



Esse é para quem ama animais e para quem os rejeitam também. É para quem acredita que a gente descobre muito de nós mesmos através de uma narrativa, nesse caso a partir da voz dos animais. Eles que são tão subestimados, amados, mas também atingidos pelo egoísmo de boa parte dos seres humanos - uns de forma proposital, outros pelo simples fato de sermos falhos e egoístas mesmo.

Quando conheci Só os animais Salvam eu fiquei extremamente encantado pela premissa e pela sensibilidade com a qual a história foi apresentada, Estamos acostumados a ver o animal homem falar dos bichos, mas aqui a alma de cada animal ganha voz e desperta no leitor a consciência necessária para que ele reflita sobre suas atitudes perante a seu próximo, a ele mesmo e aos bichos também.

|"Nós humanos nos achamos o máximo, mas o que temos feito com o nosso mundo?"|

Essa é uma pergunta que o livro irá responder através de contos com fábulas, nas quais a alma de cada animal ganha voz, como já disse, e narram seus dias, as observações que fazem sobre seus donos e quem está ao redor, contam suas insatisfações, preocupações, entre outras situações da vida das pessoas no período da guerra. Em meio ao caos, os animais conseguem encontrar esperança e inspiração, numa das atividades mais significativas que nossa espécie já criou: a literatura.
Eles - os humanos, quero dizer - parecem acreditar que o que os separa dos outros animais é sua habilidade de amar, sofrer, sentir culpa, pensar abstratamente, et cetera. Estão enganados. O que os separa é o talento para o masoquismo. É aí que reside seu poder. Ter prazer na dor, tirar forças da privação, isso é ser humano." (pág.: 53)
O livro é repleto de referências a grandes autores, que acabam sendo personagens das histórias também. Uma  delas é Virginia Wolf, numa fábula que aborda também a posição e imagem da mulher na sociedade. Tolstói também entra em cena, assim como o autor de "O Mochileiro das galáxias", Douglas Adams. Também há espaço para a questão do gênero, que está no conto da gata, que foi levada para o campo de batalha. Mas questões de fanatismo religioso e hipocrisia também são assuntos abordados nos textos, que mudam de tom a cada capítulos, já que cada um é narrado por um animal diferente, volto a repetir.


Ainda sobre a construção da narrativa a autora se preocupou muito com a questão cronológica e com a linguagem que está de acordo com cada época em que se passa a história. 

Estamos diante de um tipo de narrativa que para alguns não é comum. Digo comum porque na minha trajetória como leitor, percebo que muitos colegas e amigos leitores não gostam/costumam ler contos e fábulas, logo não vou dizer de forma alguma que seremos envolvidos por contos que nos serão inspiradores por completo. Um conto sempre irá agradar mais do que o outro, vai de pessoa para pessoa. Cada um recebe de uma forma, compreende de uma forma e se sente tocado de acordo, talvez, por seus defeitos e falhas. Porque é impossível que não nos reconheçamos em pelo menos uma das narrativas.

Muitos podem pensar que esse é um livro de uma leitura fácil, mas se engana - assim como eu. Temos questões sérias, muitas vezes tratadas de maneira engraçada, mas são situações delicadas e muitas vezes parecem inacabadas para que nós possamos parar e refletir. Digo que é uma leitura difícil porque ela fala muito de quem nós somos e tem um poder catártico eficaz. É fácil apenas ser, difícil é parar para pensar e perceber que tipo de pessoa estamos sendo enquanto seres humanos.



Só os animais salvam é um livro especial e de alguma forma sensível, belíssimo. É encantador quando alguém tenta dar voz aos animais, que são seres tão subestimados na maior parte do tempo. Temos aqui um estilo de narrativa que pode não agradar a todos, mas que com certeza dá conta de fazer com que o leitor pare e pense suas atitudes. É uma leitura que vale a pena.

Bjux,




12 comentários:

  1. Olá...
    Adorei sua resenha, como sempre :)
    Já tinha visto esse livro por aí, mas, até o momento não tinha parado para ler uma resenha... Pelas suas palavras vejo que é uma obra encantadora, que nos tira do conforto e coloca nossa mente pra funcionar. Gosto bastante de livros mais elaborados assim e tenho certeza que SÓ OS ANIMAIS SALVAM tem tudo para entrar para os meus favoritos!
    Dica anotada ;)
    Beijos

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha! A capa e diagramação parecem estar muito boas, amei de verdade.

    Grande abraço,
    www.cafeidilico.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua dica e parece ser um bom livro!!!
    Linda as suas fotos..

    Beijinhosss
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderExcluir
  4. Oi, Dih. Como vai?
    Estou apaixonada pela edição da DarkSide e a delicadeza com que a obra foi criada. Eu acho que vermos os pontos de vista de vários animais ao longo dos anos, relatando suas próprias histórias, é um modo de fazer com que as pessoas reflitam suas ações e seu amor/ódio por esses seres tão importantes na nossa natureza. Amei sua resenha e adoraria poder ler a obra.
    Beijo, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  5. Oi Dih! o estilo narrativo estar de acordo com a cronologia dos contos foi uma coisa me agradou muito. de fato, não foi uma leitura super fácil mas eu gostei muito, foi uma boa experiência, sem contar a edição linda da Darkside!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi Diih
    No início eu estava curiosa pelo livro, mas depois de ler algumas resenhas e descobrir a premissa, eu meio que não curti muito. Acho super interessante o contexto e as fábulas, mas acho que não é o tipo de leitura que eu vou gostar.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Diego,
    Nunca li nenhum livro em que os animais fossem os personagens. Achei essa capa linda. Pelo que senti do seu texto, irá levantar reflexões importantes e nos deixar lindas mensagens. Vou colocar na minha lista. Parabéns pela resenha!
    bjs.
    Pri.
    http://nastuaspaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Como se essa linda sinopse não bastasse, a editoração e arte de capa nos fazem querer ainda mais esse livro hahaha Nem que seja apenas para ficar só admirando ele! haha

    Beeeijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá! Sua resenha está fantástica! Infelizmente, não consigo gostar muito do gênero. Acredita que abandonei Pax? Não consegui terminar de ler :/
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  10. Oii
    não vou mentir a primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa, mas estou bem curiosa para ler os contos, porque você não é o primeiro que vejo falar que os assuntos sao trazidos de forma sensível, deve ter muito o que refletir ao ler ele.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Diego,
    E essa capa maravilhosa?
    Eu sempre fico babando, mas nunca tive a oportunidade de ler a obra.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece trazer uma mensagem tão linda.. gostei de conhecer mais. E essa edição da Dark, da vontade de chorar de tão bela..

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"