Um Chá, uma leitura e Harlan Coben para hoje.

O Medo Mais Profundo, do autor aclamado Harlan Coben, foio último livro do autor,publicado pela Arqueira no ano passado e traz um personagem famoso nos livros de Coben, o Myron Bolitar. O personagem é famoso, faz sucesso nos outros livros, porém em O Medo Mais Profundo o personagem e o autor não me convenceu.

A última pessoa no mundo que Myron Bolitar quer rever é Emily Downing, sua antiga namorada, a primeira com quem o rapaz assumiu um relacionamento sério, mas Emily o deixou para ficar com seu maior adversário. Foi doloroso para Bolitar. Por isso é uma grande surpresa quando ele recebe um telefonema da ex namorada, anos depois, pedindo ajuda para seu filho de 13 anos, o menino Jeremy, que corre o risco de morrer caso não receba um transplante de medula óssea. O grande problema é que o doador sumiu misteriosamente e não deixou rastros; a grande surpresa é que o garoto é filho de Myron. Assombrado com a notícia o ex jogador corre contra o tempo numa busca desesperada pelo doador. No entanto, Bolitar percebe que encontrar o doador vai desencadear uma série de segredos e um mistério sombrio que que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça. E é nesse caos que a história se desenvolve com a luta de Mayron para descobrir, acima de tudo, uma forma de não perder o filho com quem nunca teve a chance de conviver. 

Com uma premissa que promete nos envolver numa trama instigante e de tirar o fôlego, O Medo mais profundo traz no seu enredo a fórmula de escrita impecável de Coben, cheia de diálogos, personagens que não são perfeitos, além dos diálogos inteligentes que eu sempre destaco nas minhas resenhas. Mesmo assim o livro não traz o mesmo brilhantismo de outras histórias que li do autor.

Myron Bolitar não é nenhum personagem novo, provavelmente já fez sucesso nas ouras histórias, mas não me convenceu nesse livro. Talvez pelo simples fato de que esse livro é o sétimo de uma série de livros, que vem sendo publicado aqui no Brasil. O Myron que encontrei aqui parece um no início do livro e outro no final, quando apresenta uma alma mais jovial, humorada, sarcástica, diferente do início, um homem sério e de alguma forma não bem humorado. Mas para isso talvez a justificativa seja uma: isso depende da ordem com a qual você vai ler o livro. Óbvio que muitas coisas aconteceram desde a primeira vez em que o personagem apareceu e talvez o estranhamento que tive seja por conta disso.

O personagem vai atrás de pistas junto aos seus amigos e antigos contatos, bem como seus sócios de um empresa de agenciamento esportivo, que abriu depois que descobriu que não poderia mais jogar basquete. Ele segue em busca de pistas para saber onde está o doador de medula óssea. Nessa corrida contra o tempo e na tentativa de descobrir quem é esse homem, Bolitar acaba tendo que deixar a emoção de lado para agir com a razão a fim de não perder tempo e conseguir salvar o garoto que ele acabou de descobrir que é seu filho. E por falar em emoção, o  tema central do livro é a paternidade, mas a construção da história não traz emoção alguma em relação a isso: o pai raramente encontra o filho de 13 anos, o contato é mínimo. E entre Myron e o próprio pai acontece o mesmo, porém também não emociona.

O medo mais profundo tem um enredo que não empolga, não traz as reviravoltas de tirar o fôlego que se pode imaginar ao ler a sinopse. As descobertas das pistas e raciocínio também não me convenceram, parece que caíram de paraquedas para desenvolver os casos e apresentar as soluções. Por isso, segue uma dica: leiam os livros em ordem e o resultado da leitura pode ser menos negativa. 

Segue a lista com os livros da série na ordem de leitura:

☆ Quebra de Confiança (Arqueiro, 2011)
☆ Jogada Mortal (Arqueiro, 2012)
☆ Sem Deixar Rastros (Arqueiro, 2012)
☆ O Preço da Vitória (Arqueiro, 2013)
☆ Um Passo em Falso (Arqueiro, 2014)
☆ Detalhe Final (Arqueiro, 2015)
☆ O Medo Mais Profundo (Arqueiro, 2016)
☆ A Promessa (Arx Editora, 2008)
☆ Quando Ela se Foi (Arqueiro, 2011)
☆ Alta Tensão (Arqueiro, 2011)

Boas Leituras.
XOXO,
 ♥

10 comentários:

  1. Oi, Di! Tudo bem?
    Realmente, ler livros fora de ordem pode ser um problema.. uma pena que esse não tenha sido tão surpreendente. Tenho muita vontade de conhecer alguma obra do autor, mas vou seguir sua dica. Lendo sua resenha, por exemplo, fiquei com vontade de ler esse em questão, mas quero evitar problemas futuros com a leitura dos demais livros do autor, rs.
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Diego! Nunca li nada do autor, mas já me interessei por vários títulos dele. Que pena que não curtiu tanto a leitura. Em livros assim realmente é importante empolgar o leitor, construir reviravoltas... Coisas que você disse que ele não conseguiu fazer.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  3. Oi
    que pena que não te convencerão nesse livro, eu já li uns três livros do autor, mas tenho vontade de ler outros.isso que é ruim quando publicam os livros fora de ordem, pois pode atrapalhar a leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Di!
    Tudo bom?
    Harlan Coben foi o primeiro autor que fiquei obcecada, sempre adorei suas tramas instigantes, mas confesso que nunca li nada dessa série. É uma pena que você não tenha gostado. :/
    Já leu Confie em Mim? É meu favorito.
    Beijos
    Whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tudo bem?
    Harlan é um gênio da escrita. Li apenas três livros dele, mas já o considero um escritor favorito. Do Myron, li apenas Sem Deixar Rastros, há muito tempo e achei legal hahaha
    Uma pena esse livro não ter funcionado tão bem... Mas mesmo assim Coben não nos decepciona com seus livros.
    Abraços!

    -Ricardo, http://lapsodeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Uma pena que o livro não tenha te conquistado totalmente. Quando em livros de suspense as pistas parecem cair do céu, no colo do protagonista, realmente não convence.
    Ainda pretendo ler essa série, mas tentarei fazê-lo na ordem.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores, dividindo 4 livros.

    ResponderExcluir
  7. Poxa vida, que pena que o livro não seja empolgante! Li só um livro do Harlan, mas não dessa série, e gostei bastante. Fiquei tão curiosa com a trama de O medo mais profundo, o suspense em cima do doador misterioso, mas acho que então vou ler sem grandes expectativas :(

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Diego, tudo bem? Eu nunca li nada do Harlan Coben, mas tenho vontade de conhecer as obras deles. Lá no blog quem leu foi a Marise e ela gostou bastante, que pena que pra vc não foi uma boa leitura, mas acontece, infelizmente rsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Que pena que logo o último não lhe agradou tanto. Não conhece ainda as obras do autor, mas olhando em vários blogs e igs a maioria elogia. Então estou bem curiosa para conhecer a escrita dele. Bjos e seu blog é lindooo <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  10. Olá! Depois da sua resenha eu desanimei um pouco de ler esse livro. A capa me chamou muito a atenção mas, gosto daqueles livros que prendem do inicio ao fim, que tira o fôlego.
    Beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"