Olá!

Tenho um livro especial para você hoje. Na Estrada Jellicoe, da Melina Marchetta foi publicado originalmente em 2006 e lançado no Brasil este ano pela querida Editora Seguinte. O livro é de fato um acerto, me cativou, ganhou meu coração e eu gostaria muito que você desse uma chance para ele também.


Na Estrada Jellicoe é um livro de literatura jovem adulta (YA), da australiana Melina Marchetta. A autora vive em Sydney, já foi professora de inglês e história e agora dedica-se completamente à escrita.

Jellicoe é uma pequena cidade localizada na Austrália e neste momento vive uma guerra territorial travada entre três grupos: os estudantes do internato, os adolescentes da cidade e os alunos de uma escola militar, que aparecem para acampar na região uma vez por ano. A líder de um dos dormitórios do internato é Taylor Markhan, uma menina que foi abandonada pela mãe na Estrada Jellicoe aos onze anos. Quando aceita representar seus colegas na disputa por territórios, a garota percebe que terá de lidar não somente com a briga por espaços, como também enfrentar seu passado misterioso e criar coragem para buscar a verdade e compreender o motivo de ter sido abandonada. Hannah é a única adulta em quem Taylor confia e que pode ajudá-la a responder algumas perguntas. Por que a mãe de Hannah abandonou ela ainda criança? E por que um manuscrito sobre a história de cinco crianças que viveram em Jellicoe há dezoito anos pode estar relacionada com a sua vida?

Esse livro foi como um presente, é para mim um dos melhores lançamentos da editora no primeiro semestre do ano e se destaca pelo enredo bem construído, em que todas as peças se encaixam no final da narrativa. É o tipo de história que inicialmente pode parecer confusa e nada atrativa, mas que cativa o leitor aos poucos até que ele se sinta arrebatado e envolvido completamente. Mistérios se enraízam na trama e ao mesmo tempo que desperta a curiosidade do leitor toma sua atenção para o cenário lindo com personagens fortes.

“Não sei onde me encaixo. Um dia, quando tinha onze anos, minha mãe me tirou de casa. Enquanto eu estava no banheiro de uma loja de conveniência, ela foi embora e me largou lá. Quando a mãe da gente faz uma coisa dessas, esse vira um momento marcante na vida. ”

É impossível enxergar apenas uma história fictícia nas páginas do livro, quando os personagens são tão familiares e as situações tão corriqueiras na vida da gente. Com uma narrativa intercalada com a história do presente e a história do passado – sim, temos duas histórias que se unem num dado momento - representada pela leitura do manuscrito encontrado pela personagem principal, somos levados por uma trama intensa, cheia de segredos, verdades veladas e conflitos emocionais. Há muito a ser lido e compreendido nas entrelinhas, já que a história – apesar de ser contada de forma leve e por vezes poéticas – possui uma mensagem mais profunda do que pode parecer e uma crítica sobre uma disputa que acontece o tempo inteiro e que nunca deixou de existir nas sociedades.


A sutileza com a qual o romance é tratado não passa despercebida e embora esse não seja o foco maior da história é impossível não torcer, não suspirar, não se apaixonar por eles. De um lado o garoto que se esconde atrás de uma máscara de durão insensível, do outro a garota que vive um conflito com o seu passado, que influencia de alguma maneira na pessoa que é hoje. E no meio deles amigos, conhecidos, e uma guerra que pode acabar com tudo.

“Lembro do amor. É do que preciso ficar me lembrando. É engraçado como esquecemos tudo, menos de sermos amados. Talvez seja por isso que os humanos achem tão difícil superar relacionamentos amorosos. Não é a tristeza que eles precisam superar, é o amor. ”

Confesso que é mais fácil escrever sobre uma história quando você não gosta dela. Quando acontece o contrário há muito o que ser dito, há teorias a serem levantadas, muitas observações a serem feitas e um defeito que mesmo que você queira apontar você não encontra o que dizer. Eu só consigo falar de amor por esse livro, que se revelou especial para mim e pode ser especial para você também.

Na estrada Jellicoe com toda sua sutileza é capaz de fazer o leitor se apaixonar e querer mais. Uma história cativante envolvendo perdas e superações e a busca pela própria identidade, com uma fotografia final do ditado que diz que “a união faz a força”. E acrescento mais, vence a guerra também.

Um beijo e um carinho.

Diih


25 comentários:

  1. Com certeza é mais fácil levantar os pontos negativos do que esclarecer os positivos de um livro hahaha, tenho sérios problemas com isso. Fiquei um pouco confusa com o objetivo do livro, mas pelos seus elogios e por essa capa espetacular, imagino que mereça uma chance de ser lido mesmo!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol a história basicamente o amor vencendo a Guerra, mas... é contada de forma primorosa. Se desse uma chance tenho certeza de que não se arrependeria.

      Bjão.

      Excluir
  2. Oi Di!
    Essa é a segunda resenha que leio desse livro hoje e estou encantada pelos elogios que tenho visto sobre a obra.
    Livros com duas histórias, que trazem reflexões ao leitor e, que em um dado momento se unem, me agradam muito. "Na Estrada de Jellicoe" parece trazer uma mensagem bacana e já vi que ele tem tipo uma revelação, né?
    Estou super curiosada para ler.
    Beijos!

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem uma mensagem linda, Bah! Espero que você leia e se deixe encantar por ela também.
      Bjux.

      Excluir
  3. Oiiii, meu rei do acarajé

    Essa capa <3 Uma das capas mais belas que já vi.
    E você tem razão, é bem mais fácil resenhar e falar de um livro cujo enredo não nos prendeu tanto, pois quando vamos falar de um livro que marcou a gente sempre parece que não estamos fazendo justiça, não é mesmo? hahahah
    Que bom que você gostou tanto, parece uma história muito singela, aquele tipo de leitura gostosa que deixa a gente feliz. Gostaria muito de ler ele!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tami sou apaixonado por essa capa. Quando a Seguinte mostrou no snapchat eu desejei desde aquele momento. Quando o livro chegou aqui me derreti todo. Mas a história não fica por baixo: é linda demais!

      Excluir
  4. Olá Diego! Como você está?

    Como eu gosto de ler resenhas que me façam querer ler o livro! Quando eu vejo comentários falando que o livro desaponta em nada, eu já quero comprar rs. Muitas pessoas estão falando bem dele e confesso que a capa não me atrai muito. A história deve ser tão profunda e reflexiva, que eu irei dar uma chance! Já gosto de livros assim <3

    Beijos,
    http://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Dé, que você não gostou da capa?! =(
      Espero que você leia a história sim, com certeza vai se apaixonar!

      Excluir
  5. Oi, Di!
    Eu amei essa capa. Achei ela super lindas e esse laranja combinou demais com roxo (bom, aqui no monitor parece roxo, então se não for, releva)
    Do jeito que você falou, parece ser um YA bem tocante
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza! rs.
      Então, eu relevo... Mas a cor é azul, não é roxo não, tá?! rs.
      Sobre a história é maravilhosa!

      Excluir
  6. Olá!
    Primeiro de tudo as fotos ficaram lindas, quando eu crescer quero tirar fotos assim também para as minhas resenhas hahaha
    Quanto ao livro eu não sei se leria, mas de modo geral a estória parece interessante e possui uma proposta bem singular.

    Beijos

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Raissa! Obrigado pelos elogios, linda!!!
      Uma pena você não querer ler, pense em dar uma chance pelo menos.

      Bjão.

      Excluir
  7. Oie Di ♥
    Quanta sutileza nessa obra! Fiquei encantada com a forma como você descreveu o livro, me fez elaborar mil e uma teorias a respeito da mensagem principal e essência da obra. As citações também partiram meu coração, não de um jeito ruim, mas o modo como o personagem fala expressa por si só muita emoção... e isso de fato, contagia. Quero muito ler e me deixar levar por essa sensibilidade toda... ter esse livro nas mãos parece ser o caminho perfeito para se perder numa profunda e doce narração.
    Ah, e amo suas fotos. Amo amo amo ♥

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Débora! O livro é muito doce mesmo, uma história cativante. Queria mais dele, não queria que acabasse!

      Bju

      Excluir
  8. Que demais esse post. E amei o blog! Não conhecia o livro e com certeza depois dessa resenha vou atrás do meu <3. Abraços

    BLOG | FAN PAGE | INSTAGRAM | YOUTUBE | GOOGLE+

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Aleks. Leia mesmo. Espero que goste.
      Abraço.

      Excluir
  9. Oii, essa capa é linda e a forma como você tratou o livro me deixou muito curiosa. Vou ir atrás dele!

    Beijos,
    Natália.

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Natália fico feliz que tenha gostado da resenha. Espero que o livro te agrade tanto quanto!
      BJux

      Excluir
  10. Oi Di!
    Lembro que conheci esse livro em 2012 e na época fiquei com tanta vontade de ler!, a editora demorou tanto tempo que a mega vontade ja passou mas ainda assim quero conferir. Adorei a resenha, parece ser bom mesmo <3

    Abraço!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não deixe a vontade passar, Gui! Queira ainda, não vai se arrepender.
      Abraço,

      Excluir
  11. Oi, oi, oi :)
    Tudo bem, Diego?
    Desculpe o sumiço! Estou trabalhando muito e fiquei um tempo longe do mungo blogueiro.
    O seu blog está muito bacana. Parabéns!!!
    Eu acho a capa desse livro lindaaa e ele está na lista das minhas próximas aquisições. O único problema é que sou mais ágil para comprar do que ler e tudo vai se acumulando aqui em casa hahaha
    Como faz?

    Beijo,
    Hida :)

    www.blogdahida.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Hida! Te entendo perfeitamente.
      Que bom que está de volta!

      Espero que leia o livro e goste da leitura.

      Bjão.

      Excluir
  12. Que fotos lindas do livro. Parece uma leitura interessante. Seguindo o blog, beijão!

    literalizza.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! A leitura é interessante, dê uma chance a ela.
      Obrigado pelo elogio.
      Bjão!

      Excluir
  13. Amei as suas fotos e a capa desse livro é maravilhosa! Fiquei um pouco perdida, mas acho que é um livro que vale a pena dar uma chance!
    Gislaine | Paraíso da Leitura

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"