Olápessoas!

Gostaria de começar a postagem/ resenha de hoje pedindo desculpas pela quantidade mínima de postagens na semana. A faculdade está “daquele jeito”, o período de provas já começou e vocês sabem o que isso significa, no que isso tudo resulta, não é? Obrigado pela compreensão de vocês – peço desculpas também pela falta de visitinhas aos blogs de amiguinhos e colegas.

Agora vamos ao que interessa. Ela está em todo lugar. Alguém já viu a Princess X por aí?! Se ainda não viu vou contar um pouquinho sobre ela e quem sabe vocês possam ter um encontro bacana!


May e Libby se conheceram ainda no jardim de infância, quando se mudaram no mesmo ano para a mesma escola. Juntas criaram a Princess X, uma princesa com toda uma história de vida e traços lindos. A personagem criada por Libby, com história de May, é uma heroína belíssima e diferente de todas as outras que alguém já viu. É através dela que as duas vivem aventuras e exploram a imaginação como nunca fizeram. Mas a misteriosa morte de Libby e da mãe dela num acidente de carro interrompe a vida no mundo paralelo habitado pelas amigas. Os anos se passam e durante um passeio May começa a ver imagens da Princess X espalhadas pela cidade, em formato de adesivos e pôsteres, e descobre um site especializado em vendas de produtos da personagem que ajudou a criar. No site a garota encontra uma história desconhecida, o que sugere que a garota está viva e está tentando se comunicar através de mensagens ocultas. Junto a um Hacker, o vizinho chamado Patrick – mais conhecido como Trick – May não vai descansar enquanto não encontrar a amiga e entender o que realmente aconteceu.

Ela está em todo lugar é um livro de ficção juvenil, da autora Cherie Priest, publicado pela Editora Gutenberg no ano passado. A autora já escreveu mais de 12 livros, além de ter contos e artigos publicados em revistas americanas. A aventura de Libby e May é mais uma história da autora, que misturou história em quadrinhos a uma narrativa como  já estamos acostumados. Os desenhos são lindos e a edição da editora está maravilhosa.

O livro é narrado em terceira pessoa, o que favorece a narrativa de histórias com investigação e aventura porque podemos ter uma visão de tudo o que está acontecendo, o que está além do personagem principal. A autora conseguiu escrever uma narrativa fácil, uma ficção que realmente enquadra o jovem leitor por ser de fácil entendimento. No entanto há algumas ressalvas que gostaria de fazer.


Comecei adorando o livro. A história começa muito bem, a narrativa, a descrição e a linguagem muitas vezes não padrão – a autora utiliza gírias e expressões internetês - aproxima o leitor do que está sendo contado e rapidamente você consegue ler. No entanto, num determinado momento a autora peca feio e o texto segue corrido e fácil demais.

Quando digo fácil e corrido demais quero dizer que: a) existe uma trama e um mistério a cerda da “morte” da personagem Libby e algumas pistas são dadas para que isso aconteça. Nesse momento o leitor parte para uma aventura onde as pistas e as descobertas são fáceis demais, tudo está entregue muito fácil sem ao menos causar intriga na mente do leitor; b) ainda sobre a trama e sobre a facilidade de descoberta de pistas, o leitor não tem a chance de saber muitos detalhes sobre o cenário, não existem dificuldades nem personagens além de May e Trick para dar certa realidade à história, tornar ela mais empolgante e fazer o leitor raciocinar um pouco. Está tudo muito entregue e isso me incomodou profundamente.

Acredito que para que uma história seja considerada ótima há alguns elementos cruciais que precisam ser bem desenvolvidos. Um dos elementos é a construção dos personagens – inclusive os achei superficiais demais, nada agradáveis e nada carismáticos – e o outro é a ambientação. É preciso criar um espaço convidativo, detalhar esse espaço a ponto de fazer o leitor se enxergar ali no meio e isso não aconteceu comigo nessa história.


✩✩

No geral, o livro Ela está em todo lugar mistura ficção e realidade, texto e imagens para complementar e dar ao leitor pistas sobre a história. Apesar de ter uma premissa interessante, que promete uma história totalmente empolgante ao leitor, e nos apresentar informacões sobre o lado negro da internet e tudo o que ela guarda da vida das pessoas, o texto infelizmente deixa a desejar, fazendo da história uma narrativa boba, sem muito a acrescentar, mas que vale a pena ler para passar o tempo e sair de uma ressaca literária.

✎ Lembrando que essas são apenas opiniões minhas - gosto ser o mais sincero possível -, o que não quer dizer que a sua experiência com a leitura será a mesma. Caso tenha vontade de ler encare a leitura, depois volte para me contar sua opinião.

Até mais!
Bjux 1.000

11 comentários:

  1. Oie
    Vc já está fazedo provas, nossa!! Eu recém terceira semana de facul.
    Achei bem legal a premissa do livro, ainda não tinha visto.
    Concordo com vc sobre o desenvolvimento e personagens, ainda sim fiquei curiosa para conhecer a história e saber como termina. Curti muito essa capa.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Diiiiiii <3
    Eita que semana de provas não é fácil. Boa sorte com elas Di, tomara que você arrase nas notas hahha

    Adorei sua resenha migo, fiquei super triste de ser uma história cheia de potencial que não foi bem desenvolvida. Odeioooooo quando isso acontece, ainda mais quando a edição gráfica é linda :(

    Talvez eu leia mesmo assim hahhaha

    Um beijooo
    Paloma
    surewehaveablog.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Fiquei sabendo sobre esse livro a pouco tempo e quando li a sinopse me interessou e me deixou curiosa, ainda mais que tem essa mistura de realidade e ficção, se é real tudo aquilo mesmo, isso me chamou a atenção.
    Eu adorei essa capa (aquelas louca por capas kkkkkk'). Enfim, darei uma chance para a história, mesmo sabendo que poderei me decepcionar, mas faz parte da vida do leitor.
    Parabéns pela resenha, muito bem construída ;)

    Beijos
    relicariodehistoriasma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. OMG! Eu estava todo doido aqui para comprar o livro, com essa coisa do mistério e tals, ainda mais que tem as ilustrações, tava apaixonado. Mas foi uma paixão repentina, ahuahauhau essa coisa do simples ai não desce aqui não. Mesmo assim parece um livro legal, vou anotar para o caso de uma ressaca literária.

    Amei a resenha Dii, até mais. Davidson.
    http://www.meninoliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Droga, eu não esperava terminar a resenha querendo ler o livro, mas eu quero. E agora?
    Não sei o porquê, mas imaginava algo completamente diferente com essa capa.
    Beijos Diego
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que livro lindo. A sua resenha deixou aquela vontade gigante de começara ler o livro agora mesmo. ótima resenha!
    Beijos,
    Luana Agra - http://sector-12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Di!
    Eu estava muito empolgada com o início da sua resenha e curiosa para ler essa narrativa que realmente parecia ser "empolgante". Uma pena que a autora não elaborou tão bem a parte do suspense. Confesso que perdi a vontade de ler...
    Parabéns pelas lindas fotos!!
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Dih!
    Confesso que leria o livro pela capa, nome e pelo capricho da edição. Mas pela estória em si, não. Pois não chamou muito minha atenção. Mas quem sabe um dia dou uma chance? Sua resenha está impecável <3
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Oii, Di!
    Primeiramente não posso deixar de comentar sobre essa edição *-* Tudo um arraso, capa, ilustrações, amei <3 Sobre a premissa, também gostei. Mas fiquei com um pé atrás sobre o fato de autora não intrigar as mentes dos leitores, de entregar tudo fácil demais, isso também me incomoda bastante.
    Beijo!
    apenasumaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Meu rei, eu até tinha me interessado pelo livro, pois li uma outra resenha e achei interessante esse "mistério", mas na outra resenha a pessoa não comentava que tudo era entregue fácil demais pra gente, e isso acho que também me incomodaria...então minha vontade de ler diminuiu um pouquinho. A edição está bem bonita, adoro livros com ilustrações!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  11. Oi Di! Eu achei o livro liiindo e eu nunca tinha ouvido falar desse livro, viu? Mas, honestamente, não me fez fissurar de vontade de ler - e olha que eu curto um mistério, hem?
    Mas acho que eu é que estou passando por uma fase chata ultimamente.
    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"