Oi!
Hoje trago para vocês um post leve, escrito por mim. Não sei em qual gênero se encaixa – conto ou crônica -, só espero que reflitam e leiam com carinho.


***
Gostaria de poder falar de cansaço, já chega para mim. Não dá mais. Nesse momento pegaria minhas chaves, minha mochila com meus livros e sairia por aquela porta, deixando o vento transformar o silêncio que você insiste em alimentar, num som de uma batida qualquer. Do lado de fora eu posso me virar com o barulho de outra batida capaz de estremecer o mundo dentro de mim, pode deixar.
O que eu posso dizer? Não há nada que eu possa dizer olhando em seus olhos pretos e feição perfeitamente imperfeita que tanto quero e tanto me diz não me querer. Mas me hipnotiza e, então, desisto de correr, então caminho devagar.
Como pode me soltar se não me pega e não me abraça? Como consegue me prender somente por existir, adquirindo meu querer bem? Como eu gosto? Por que diabos eu gosto?! É estranho como gosto e desejo, como sonho que me peça para ficar. É estranho como quero ir embora, estranho como quero te deixar pra lá e não consigo.
É singular como não percebe, não pisque, não entende. Estranho como é fácil para você ser contrário a tudo isso com a imagem do rapaz ao lado, enquanto me diz um adeus implícito no escuro silêncio e não se importe. E estranho como não me nota e como parece não querer me notar.
Estou a mil passos da esquina da sua morada e nem sequer escuto a resposta do “até nunca mais” que te dei. O mundo grita, os carros buzinam, os bêbados cantam canções com suas vozes embargadas e eu estou aqui. E me olho. E é estranho olhar para meus pés e ver que meus passos me induzem a regressar.
Estou batendo em sua porta. Apenas escute o som.
Vejo que a porta se abre. Apenas me deixe entrar.
É esquisito como te olho, como observo a minha volta e percebo como suplico que me note.
É estranho como desejo ficar.


2015©Diego França

37 comentários:

  1. Adorei seu texto, você escreve muito bem. Adoro seus posts!!

    http://blogmemoriies.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Robson, obrigado querido. Fico feliz!
      Um Abraço.

      Excluir
  2. Oie
    Muito bom, gostei do seu texto. Na verdade acho que ele é um conto, continue escrevendo!!

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Nessa. Pelo elogio e pelo incentivo.
      Bjux.

      Excluir
  3. Oi, Di! Tudo bem? Ahhh que texto mais lindo e melancólico, adorei! <3 Confesso que estava sentindo falta dos teus textos. Mas que bom que você decidiu postar mais, esse ficou muito bom, parabéns! :D

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/08/resenha-premiada-johnny-bleas-um-novo.html <- Tá rolando promoção do livro "Johnny Bleas - Um Novo Mundo" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
  4. Oi...
    Adorei o seu texto , de verdade !
    Você escreve com muito sentimento :)
    Beijos e parabéns .

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Diana. Muito bom ler suas palavras, me incentivam mais e mais.
      Bjão.

      Excluir
  5. Oii
    Eu adoro textos assim. Viajo nas palavras e até me identifico com os sentimentos.
    Sua escrita é linda!
    Acho que tem mais cara de conto mesmo.

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi, meu rei!

    Que coisa mais linda! ♥
    O coração, nossos desejos, nossos instintos são incompreensíveis às vezes, não é?
    Quero saber o dia em que você vai publicar algo com seus textos!!!!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tamiii se Deus quiser e me der inspiração logo em breve rs.

      Excluir
  7. Nossa! Que texto! Parabéns! Muito bom mesmo.
    Me identifiquei muito com texto.
    Beijos e seguindo
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Q bom, Luiza, que você se identificou e gostou. Obrigado pelo elogio.
      Bjux

      Excluir
  8. Helloo, Di! Tudo bem?!
    Ainda estou tentando construir um pensamento coerente sobre o que senti com o teu texto. É muito bonito e consegui me identificar com suas palavras, os sentimentos conflitantes, efêmeros e ainda assim, profundos. Tenho uma quedinha por textos melancólicos e cheios de sentimento.
    Ah, acho que o teu texto é um prosaico! Um bem lindo por sinal!
    Beijin...
    http://piecesofalanagabriela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alana! Nossa, que bom que o texto cativou você... Fico muito feliz em poder tocar pessoas com o que escrevo.

      Um beijo.

      Excluir
  9. Esse final foi muito bem feito. Curtir o texto, mas esse final me conquistou. Faz mais, vou adorar ler.

    http://devoradores2livros.blogspot.com.br/

    Um xero.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Moisés! A ideia é continuar escrevendo sim.
      Logo trago mais.
      Abraço.

      Excluir
  10. Eu acho que é uma crônica com um 'quê' de conto? Talvez?
    Não importa. O que importa são as belas palavras e o lindo texto que temos aqui.
    Senti um certo conflito, e talve seja isso que você quis passar... não sei.
    É lindo.
    Escreva mais. Estava sentindo falta.
    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O conflito interno dos personagem é o que faz a história andar, Mah. rs.
      Bjux

      Excluir
  11. Adorei!!!
    As vezes dou uma de escrever esse tipo de texto e também fico na dúvida na hora de classificar. Adorei como transmitiu um milhão de sentimentos juntos.
    Beijos e beijos.
    http://www.naqueleoutono.com/

    ResponderExcluir
  12. Oiie Di!
    Eu simplesmente AMEI, tá muito lindo e profundo, parabéns <3

    Beijos!
    http://meumundoraay.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá, Dii! Tudo bem?
    Eu AMEI esse texto, muito bonito, você leva jeito pra isso!
    Abração!
    http://olivroemquehabito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ah meu deus, eu amei esse texto! <3
    Amei muito e me identifiquei também...
    Lindo jeito de demonstrar o que está sentindo!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Dig, tudo bem?
    - Já é a terceira vê que eu to tentando comentar, vamos ver se vai dar erro novamente rsrs
    Você escreve muito bem, fiquei encantada com o texto, Parabens. Acho até que me encontrei em algumas frases. RS.

    Bjs.
    www.notamentaal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi, Diego, tudo bem? Amei o seu texto, ficou muito bom... Beijos!

    http://livro-apaixonado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá Dii!
    Socorro que texto incrível *0* Amei! Adoro textos que o escritor coloca tudo de si! É mais real e bonito. Nunca pare de escrever <3
    Beijos, Nathália
    https://livrosdagarotavermelha.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  18. Gostei bastante do texto. Você escreve bem.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  19. Muito bacana o texto.
    Você tem uma ótima escrita. Parabéns!

    Até mais,
    http://entreserieselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olááá!

    Adoro quando há textos autorais em blogs! Acho que realmente traz uma leveza e uma personalidade maior para eles.
    Fora que você escreve muuuito bem! Parabéns!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bom?
    Adoro textos assim, e Di, você escreve muito bem!!
    Beijos, lendocomabianca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. WOWWWW, DIEGO! Que profundo, hein? Eu amei o texto, de verdade (você sabe que realmente é). Por que será que achei que seria perfeito uma música da Sandy como trilha sonora para o ele? Ó, parabéns! Hahaha

    Abraços,

    http://www.paginou.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Di e seus textos!! Adorei Di, você passa muita sensibilidade através das palavras e fiquei com vontade que o personagem fosse visto! :)
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi.
    Seu texto ficou bem legal. Parabéns!
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi Diego!
    Achei seu texto bem intenso, gostei da sua escrita, muito envolvente.
    Abraço!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com/2015/09/resenha-eu-voce-garota-que-vai-morrer.html

    ResponderExcluir
  26. Oi, Diego!
    Amei esse post.
    É um lindo texto que nós faz refretir muito.
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oi Di,

    O texto me prendeu do começou ao fim, ainda fiquei com gosto de quero mais! Adorei sua escrita, tão boa quantos suas resenhas que eu tb adoro.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"