Sente-se, tome um chá com o chapeleiro maluco e seus amigos e vamos comemorar o dia de hoje. Comemoremos mais um desaniversário da nossa querida, doce e sonhadora Alice.


***
A primeira vez que escutei o grito estressado da Rainha de Copas  - “Cortem-lhe a cabeça!” - tinha apenas três anos de idade. Naquele ano, em 1993, ganhei um disco de LP com a história de uma garotinha que via um coelho falante e corria atrás dele, até que caia num buraco e indo parar em um mundo subterrâneo. Dali em diante Alice no país das maravilhas marcou a minha infância e é faz parte da minha vida até hoje.

A 4 de julho de 1865 o senhor Charles Lutwidge Dodgson saiu para um passeio de barco, levando em sua companhia Alice Lidell, uma garotinha que, a partir daquele passeio seria lembrada para sempre. O Senhor Dodgson foi um matemático, fotógrafo, contista, fabulista, desenhista e reverendo britânico que, sob o pseudônimo de Lewis Caroll, escreveu o conto/fábula Alice no país das maravilhas (Alice In Wonderland) e imortalizou a criança a quem fotografou várias vezes durante a infância.

Alice no mundo subterrâneo é um texto sobre uma menina que caiu numa toca de coelho e foi transportada para um mundo fantástico com criaturas exóticas e características peculiares. Hoje, 150 anos depois de publicada, a obra de Caroll ainda é sucesso absoluto. Pode ser um pouco complexa, visto que conta com dois livros – um infantil e um adulto – em que o autor conversa com os dois públicos, incluindo características linguísticas e matemáticas no seu enredo.

Para algumas pessoas o conto é uma metáfora a um ato de pedofilia por parte do autor e representa um conto de mal gosto. No entanto, nada nunca foi comprovado. De fato houve sentimento entre o matemático e a senhorita Lidell, nada mais. Dodgson gostava de fotografar a menina e chegou a tirar fotos escondidas dela para um acervo pessoal. Em seu livro intitulado “Eu sou Alice” (2010), Melanie Benjamin escreveu uma biografia sobre a vida da garota e nos conta com detalhes a trajetória dela, bem como a amizade com o rapaz, até a publicação do conto.


Sucesso absoluto desde a sua primeira postagem, em 1865, Alice no país das maravilhas foi transformada em desenho pela Disney em 1951, além de ter a história convertida em áudio para discos de LP com contos infantis. Além disso, foram feitas adaptações do conto para o teatro. Em 2010 ganhou uma releitura e adaptação para os telões de cinema. Em 2016 vamos poder assistir ao segundo filme, “Alice através do espelho e o que ela encontrou por lá”.

Eu sou perdidamente apaixonado pela beleza que há nesse conto e Alice está presente na minha vida desde muito cedo, como sempre digo aqui no blog. Foi a primeira estória que conheci na vida e o primeiro livro que li. Posso dizer que minha vida de leitor começou lá no mundo subterrâneo com o Chapeleiro maluco, o gato de Cheshire, a rainha de copas e todos os outros lindos personagens que dão vida a essa maravilha.

Leiam sem preconceito, procurem sempre a beleza e a graça escondida nas entrelinhas contidas a estória.


Mas antes de dizer que “vejo vocês logo, logo”, quero deixar um presente a todos os leitores que leem o blog e gostam do conto. Sempre faço montagens para postar no Instagram do Blog e sempre posto algo sobre Alice – quem acompanha sempre curte a imagem. Pois bem! Vou disponibilizar para download algumas capas – para enfeitar as redes sociais de vocês – com o tema ALICE.

Clique na imagem e faça o Download do conteúdo especial que preparei ara vocês. Espero que gostem.




Viva os 150 anos de (des)aniversário de nossa Alice!
Fiz essa postagem com muito amor e espero que tenham gostado.
Encontro você logo, logo.
Bjux do Dinho.

40 comentários:

  1. Heey!
    Sou muito fã de Alice no País das Maravilhas, tanto o filme quanto o livro <3
    Parabéns pelo post, adorei!
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bem, Gui! Você tem bom gosto.
      Obrigado.
      =)

      Excluir
  2. Muito legal Diego! Eu amo os livros que li da Alice, o desenho não é dos meus preferidos, mas amo o filme! Adorei a postagem e a lembrança!

    Beijos
    Paula Juliana - Overdose
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/07/resenha-eu-te-darei-o-sol-o-amor-e.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula, que bom que gostou da postagem. Alice é uma inspiração para mim.
      Bjão.

      Excluir
  3. Adorei o post!
    Independente das polêmicas envolvendo Alice, esse é um dos livros mais complexos que existem... uma verdadeira obra prima.
    SUA ESTANTE
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Tati. O livro envolve uma questão linguística e semântica muito grande, além de joguinhos de lógica. Mas também tem um mundo lúdico encantador.

      Bjão.

      Excluir
  4. Nunca li o livro, conheci a história quando criança pela animação. Preciso muito conferir, pois parece ser um livro incrível.
    Muito legal essa sua homenagem ao livro.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desbravadores. Pois bem, podem ler e encontrar um mundo lindo nas páginas. É um texto incrível.

      =)

      Excluir
  5. Adorei a postagem! Também sou fã de Alice desde criança!

    http://ooraculodeelfos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a postagem! Também sou fã de Alice desde criança!

    http://ooraculodeelfos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu também sou muito fã da Alice desde pequena! Antes eu tinha um pouco de medo da animação e nem sei por quê. hahaha Adorei seu post.

    http://ooraculodeelfos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giulia! =)
      Q bom que gostou da postagem. Que bom que encontrei mais uma fã da Alice (rs.). O desenho ao mesmo tempo que é lindo, possui uma melancolia assustadora mesmo (rs.). Normal.

      Bjão.

      Excluir
  8. Oi
    Eu gosto da história da Alice, apesar disso só assisti aos filmes, desenho. Só que ainda quero ler o livro, muito bom esse seu poste especial de 150 anos.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Denise. O livro é curtinho, rapidinho você lê. Garanto que não se arrepende.
      Bjão.

      Excluir
  9. Oi, Di!

    Ahhhhh tá! Pensei que você tinha abandonado meu blog! hahahah
    Eu até curto a história, mas ela perdeu um pouco a magia para mim depois que li várias coisas sobre o Lewis...sobre seu vício em ópio e sobre Alice ser ser "alter ego" e a fixação de Alice no coelho branco ser sua fixação na droga em questão. Isso sem contar nas várias acusações de pedofilia...mas não posso negar que a história é bem lúdica e encantadora.

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tami eu não posso mudar sua visão sobre o conto, mas tenho que dizer que muito da Melanie Benjamin, irá entender. O Lewis (Charles, Sr.Dodgson) era matemático e como dizem "os matemáticos são loucos", daí as várias alusões a questões lógicas, mas também semânticas.

      Bjux.

      Excluir
  10. Oie,
    nossa 150 anos?
    Confesso que nunca gostei nem do desenho nem dos livros e filmes.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa, pois é 150 anos. Até acho novinha...(rs.).
      Uma pena que a história não te agrada.

      Bjão

      Excluir
  11. Olá
    Já 150 anos...
    Sempre gostei muito da Alice, mas nunca cheguei a ler nenhum livro dela, espero ler algum o mais rápido possível !
    Beijos !!
    http://focadasnoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thayná!
      Te convido a ler o livro. É bem curtinho e você aprende muito.
      Bjão.

      Excluir
  12. Que lindo Di!
    Amo Alice, ainda bem né!? hehehe
    beijinhos
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alice somos suspeitos em falar da Alice, não é? Um amor em comum... <3
      Bjux

      Excluir
  13. Nossa, que post mais fofo! Alegrou meu dia!
    Eu também gosto muito da estória da Alice e não vejo maldade alguma nela.
    Comprei o livro em uma edição especial de capa dura. Ainda não tive tempo pra ler, mas agora que estou nas férias da faculdade vou fazer isso!

    Beeijos!
    O Outro Lado da Raposa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Raissa! Obrigado pelo elogio, fico feliz que tenha trazido algo bom para o seu dia. Esses livros em comemoração aos 150 anos são incríveis. Um abus pro meu coração. Boas leituras.
      Bjux

      Excluir
  14. Oi Diego!
    Eu soube dessa questão do autor com a menina a pouco tempo e entendo o que muitos dizem a respeito. Mas, posso dizer que conheci a história antes de saber disso e gosto bastante!
    Acompanho as fotos que você posta da no Ig e as montagens sempre ficam ótimas. Parabéns!!
    Um abraço,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bah! Obrigado ppor acompanhar as postagens e pelos elogios.
      Bjão!

      Excluir
  15. Oiee
    Amo a Alice no pais das Maravilhas *o*
    Adorei o post e conhecer um pouquinho mais da trajetória do livro que confesso que não conhecia ;p
    Beijinhos Screepeer
    screepeer.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Ágatha. Que bom que pode passar informações a mais para você. Há muitas coisas a serem contadas ainda.
      Um bju.

      Excluir
  16. Olá! Sou apaixonada por Alice, acho a história incrível! Inclusive tenho em meu blog um post onde conto a verdadeira história de Alice.
    Estou esperando ansiosamente por 2016 para poder assistir a esse filme! *-*
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Patricia, li sua postagem. Amei viu. Sempre bom contar um pouco mais da história da estória (rs.).
      Bjão.

      Excluir
  17. Oii...
    Como não amar Alice, não é mesmo! Eu sou completamente apaixonada por ela e por sua história.
    Alice é muito amor!
    Adorei o seu post, muito fofo!
    Bom final de semana.
    Beijinhos ;**

    Leitora Online

    Facebook | Instagram | Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leitora!Q bom que gostou. Quando a gente ama a faz o melhor que pode.
      =)
      Bjão.

      Excluir
  18. Eu não sabia da existência do 2º livro e só fiquei sabendo após essas postagens especiais. Não sou apaixonada por Alice, mas adoro tudo quanto é coisa relacionada! E que venha 2016!!

    Blog: Dei um Jeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giovana!
      O segundo livro é menos comentado que o primeiro, mas os dois possuem uma riqueza incrível.

      Bjão.

      Excluir
  19. Oi Dinho!
    Não sabia que o livro já tinha 150 anos. Uau! E continua encantando gerações. Eu não lembro a primeira vez que conheci a história, mas certamente foi o filme da Disney :)
    Quanto aos livros, só li o primeiro. Tenho "Espelho", mas ainda não li.
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mariana, o livro ultrapassa gerações, e por que será?! rs.
      Li Através do espelho pouquíssimas vezes, mas também tem uma riqueza incrível.

      Bjão.

      Excluir
  20. Oi Diego!

    Ainda não li esse livro e descobrir um dia desses o segundo livro. Quero muito ler e espero conseguir ainda esse ano.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cíntia. Te incentivo muuuito a fazer essa leitura.
      Boas leituras, beijos.
      =)

      Excluir
  21. Alice ❤️ Como não amar? Sou completamente apaixonada por Alice até hoje e pretendo quando tiver filhos passar esse amor adiante.
    Ameeei demais essa postagem. ❤️
    Beijos!
    eusuponho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom, Mayse!
      Pretendo fazer o mesmo. <3

      Bjão.

      Excluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"