Olá
pessoas lindas e leitores apaixonados.
Hoje teremos uma postagem especial, uma maneira de não deixar passar despercebida a data e a lembrança de hoje, o dia em que o Vida & Letras completa 6 anos na rede. Por isso, contarei um pouco da história de como cheguei até aqui, como criei o blog.


*.*.*
Desde muito cedo percebi meu amor pela escrita – antes mesmo de ser amante de uma boa leitura –, e com nove anos de idade escrevi meu primeiro poema. Nunca mais parei. Depois dos escritos poéticos vieram os textos teatrais criados para as aulas na escola e as histórias românticas, todas escritas em caderninhos que eu comprava com o dinheiro que eu ganhava dos meus avós para lanchar na cantina do colégio. Quase sempre eu gastava com revistas de Sandy e Junior e um caderninho novo com algum desenho bonito – eu sempre fui caprichoso com isso -, já era lei.

Um dia, fazendo uma pesquisa para um exercício da aula de português, encontrei um site onde as pessoas publicavam histórias, poemas, fotos e também suas experiências de vida. Nessa época, com 16 anos de idade (no ano de 2006), conheci a moda, ainda não tão conhecida, dos ‘diários na rede’ e me tornei um leitor assíduo. Lia de tudo. Desde a leitura de contos à leitura de diários pessoais daqueles que encontraram no blog uma maneira de desabafar. Isso me incentivou a escrever cada vez mais, inspirado com as coisas que lia.

No começo tinha muita vergonha de mostrar meus escritos para as pessoas porque sempre fui inseguro em relação aquilo que escrevo e tinha receio que as pessoas achassem aquilo uma incrível bobagem. Um dia, uma colega de classe achou um dos meus cadernos – esse era recente e não estava completo ainda. Ela leu para todos os na sala, eu achei aquilo uma falta de respeito e não fiquei muito contente. Hoje agradeço porque, além de eu ter percebido que ser desafiado é algo importante na vida, eu fui muito elogiado pelos meus colegas e professores que elogiaram minha habilidade com a escrita romântica: ‘para um garoto da sua idade você é muito bom, está indo por um ótimo caminho’.

À medida que as pessoas liam e gostavam do que liam eu sentia mais vontade de escrever e cheguei a criar comunidades no Orkut sobre poesias e contos também. Sempre divulguei e recebi elogios positivos, embora para que eu me sentisse satisfeito eu queria algo negativo também porque ‘ninguém é tão perfeito assim que não tenha feito algo que não possa melhorar.

O tempo foi passando, a idade aumentando, eu estava conhecendo pessoas novas também, gente que me apoiava muito. Um dia, numa tarde de sábado, depois de conversar com um colega por telefone, ele me perguntou por que eu não criava um blog também. Fiquei pensativo e logo criei o blog que se chamaria Vida em letras inicialmente. Porque queria escrever histórias de pessoas, da minha imaginação, poemas pessoais. Porém, havia um blog com esse nome e eu batizei esse cantinho que vocês podem ler hoje de Vida e letras.

Se a proposta inicial era apenas publicar os meus escritos eu iria divulga-lo apenas para amigos e conhecidos. Mas isso fugiu do meu controle. O blog ganhou vários visitantes na rede e logo era possível ver pessoas publicando as coisas que eu escrevia sem dar os devidos créditos. Fiquei chateado com a situação, mesmo assim continuei postando.

Em 2011 entrei para a faculdade e me afastei do blog por falta de tempo. Com isso, percebi que a quantidade de seguidores tinha diminuído. Em 2012, com a ajuda do designer do blog Roger Souza, o blog voltaria com uma cara nova. Mesmo com poucas postagens resolvi mantê-lo. E ele está aqui até hoje. Ano passado, no segundo semestre do ano, passei por mudanças na minha vida. Sai de um relacionamento de muito tempo e senti a necessidade de inovar em tudo e encontrar uma maneira de me distrair. Sendo assim, fiz um desenho de como queria a imagem do blog e mostrei ao Roger que, mais uma vez, soube me entender bem e criou esse design lindo, que foi apresentado em dezembro.

Esse blog é muito especial pra mim, é algo que gosto de fazer e faço com amor. Tem a minha cara e agora não abriga somente poesias e contos, como também opiniões sobre os livros que leio e sobre as minhas vontades de leitura. É um lugar que parece comum demais, mas é um mundo tão importante que cabe em minhas mãos.

Agradeço a todas as pessoas que visitam ‘meu mundo’ e por todos os elogios. Obrigado a todos que me incentivam de alguma forma e um muito obrigado ao Roger Souza, o grande responsável pela imagem do blog.

Sigam as redes sociais:Instagram/ twitter/ Facebook. 

Beijos/ Abraços; Nos vemos logo, logo!

8 comentários:

  1. Oi, Diego, tudo bem?

    Uau...seis anos, caramba! Meus parabéns! Parabéns pela persistência! É tão difícil deixar tudo atualizado, com postagens interessantes, às vezes dá até desânimo, não é?
    Mas fazer o que a gente gosta é meio caminho andado! Uns dias vão ser melhores do que outros, mas no final vale a pena! ♥
    Parabéns mais uma vez!

    Beijão
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  2. OwT , adorei o texto e achei muito bacana sua história com o blog, seis anos não é pouca coisa, né? Ai, ai, esse ano vou fazer dois anos de blog e sei bem como é isso, eu tenho orgulho disso tudo que envolve minha vida de blogueiro! Parabéns!!

    Abraços e até!

    http://lendoferozmente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá Diego, você arrasou no texto, no seu trabalho. Até então não conhecia seu cantinho, mas estou segundo para acompanhar tudooo!
    Abraços!!!

    • Blog: http://www.ricknegreiros.com.br/
    • Canal: https://www.youtube.com/channel/UCeptOGH6i0hrqT9VdP4Yn1g

    ResponderExcluir
  4. Oi Diego!!! Primeiro de tudo não posso deixar de te parabenizar, pois mesmo Às vezes longe, pela sua história você levou o blog adiante e hoje está aqui, completando 6 aninhos! Festa!!!

    E outra coisa que tenho que te dizer é que lendo a sua história, ou do blog se preferir, não posso deixar de notar uma semelhança com a história da 'Alice' aqui.
    A vergonha do que escrevo sempre foi uma grande barreira, que eu mesma me criei. Por muito tempo tive um blog, em que não divulgava, e escrevia 'anonimamente'. É difícil vencer esse monstrinho que a gente mesmo faz... mas estamos aí! E muitos mais anos de vida ao 'Vida e Letras'.

    Bjs
    *.*

    O que disse, Alice? - www.oquedissealice.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Parabéns! sei bem como é dificil manter um blog, ainda mais por 6 anos.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  6. Oi Diego!
    Parabéns!
    Seu blog é muito lindo :D
    Ainda estou no começo do meu, e imagino que manter um blog depois de tantos anos deve te dar muito orgulho não é? xD
    Muito sucesso para você, e que seu blog continue fazendo vários aniversários!
    Beijos!
    http://choqueliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Diego! Tudo bem? Primeiramente quero parabenizar a você pelos seis anos de blog! Isso é muita coisa e eu sei bem como é difícil manter o blog por tantos anos... Conheci seu blog hoje, mas já gostei muito do que vi! Seu cantinho é muuuuito lindo, adorei mesmo! Adorei também conhecer a história do seu blog, que venham mais e mais anos! :D

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Venho um pouco atrasado, bem verdade, mas quero lhe parabenizar pelo sucesso do blog e os 6 anos retratam isso perfeitamente!!! Que venham outros 6, 12, 18... Te desejo uma mente abençoada, serena, sábia e sensata, na verdade mais né, pq vc ja tem, rs. Xeru amigo. <3

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"