Um Olá
e um carinho meu a todos vocês. Espero que estejam bem e em dia com as leituras.
.♥.


Vocês costumam escrever haicais?

Após a minha última postagem, uma pequena apresentação do livro A MAIS PURA VERDADE, decidi criar um post sobre um modo conciso de se expressar, que faz parte da história de Germeinhart em o garoto Mark vive uma aventura e cria haicais para marcar seus pensamentos e desabafar (ver post anterior). É uma modalidade de escrita que ganhou destaque maior no Brasil nos últimos anos.

O Haicai (haikai ou haiku) é um poema curto – com apenas três versos - marcado pela objetividade, pela maneira sucinta e completa de escrever um determinado acontecimento.  A escrita surgiu no Japão durante o século 16 e se espalhou por todo o mundo no século 20, destacando, nesse período, o poeta Matsuo Bashô (1644-1694). Cada verso do poema deve seguir um número específico de sílabas tendo a primeira linha cinco, a segunda sete e no último verso cinco também (5-7-5).
Na expansão do haicai a outros países, as regras da quantidade de sílabas não são seguidas em razão das peculiaridades de cada língua. No Brasil já conta com vários estudiosos e pessoas que praticam essa modalidade de escrita, como o poeta Paulo Leminski:

“a água que me chama
em mim deságua
a chama que me mágua”

O haicai escrito está no livro, Toda Poesia de Paulo Leminski.


As características de um haicai inclui também uma referência à natureza e um acontecimento particular, além de marcar o tempo, referindo-se a um acontecimento no presente. Há diferentes categorias para classificá-los, dentre elas estão os haicais humorísticos, eróticos, apaixonados, satíricos, entre outros.

Escrevi muitos haicais na disciplina de Leitura e produção de textos, na faculdade, e fiquei apaixonado por esses versos tão pequenos, mas tão completos. Muitas vezes penso, anoto e até posto alguns desses versos no meu twitter particular ou do blog e serve como uma denúncia e um desabafo. Aconselho que vocês passem a escrever também. É como uma terapia libertadora.

Espero que tenham gostado da postagem. Até logo!

Bjão/ Abraço,
 Diego França

Haicai também retirado do livro "Toda poesia, de Paulo Leminski.

3 comentários:

  1. Não conhecia os Hacais, mas depois de ver Mark escrevendo achei muito legal. É algo simples, mas muito profundo. Vou tentar escrever alguns.

    http://blogquerida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o nome, mas depois da sua explicação entendi o que era. Nunca escrevi um, mas acho que não custa tentar né? Acho interessante essa forma de expressão e quem sabe eu não consiga usar isso na minha futura profissão? Porque você não posta uns haikais que você fez? Seria bem interessante.

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
  3. Oi, Diego!
    Adorei a postagem <3 Não conhecia essa forma de escrita, mas achei especialmente interessante. Não sou muito de escrever textos pessoais ou coisas do tipo, mas gostei muito da ideia de escrever Haicais, quem sabe, né?

    Beijão!

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"