É engraçado quando você se encontra juntando lembranças e percebe as ironias da vida. 

     Um dia você acorda e sabe tudo sobre a pessoa amada: por onde anda, com quem está, o que fará no fim de semana. Sabe das dúvidas que ela tem sobre qual roupa usar, qual caminho seguir, em qual momento deve chegar e sair. Também conhece suas frustrações, suas tristezas a tal ponto, capaz de chorar junto e dizer que tudo vai ficar bem. E, 'De repente, não mais que de repente'...

    Você acorda e já não sabe onde ele(a) está, qual música o faz pular, chorar, se emocionar; Não sabe qual a programação dos próximos dias ou qual filme quer assistir no cinema e quais os planos para o futuro próximo, até distante. Nem mesmo sabe se ainda faz planos.

    De repente você acorda e nem sequer sabe se ele(a) também sente sua falta. E então você para, se olha no espelho e se lembra daquele sorriso feliz, naqueles dias de primavera, quando tudo parecia perfeito.

    De repente, em meio às lágrimas... Saudade ♥.    

©Diego França*     

0 comentários:

Postar um comentário

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"