Felizes para sempre

O aperto de mão se fez paixão,
e fez amor, e uma vida inteira.
Depois disseram não
E o coração não quis aceitar.
E assim do não veio o sim.

E o sim foi sempre,
O agora, o depois
Além do depois, além do amanhã.
E assim vai seguindo a vida dos amantes
Em molduras e álbuns,
Livros e canções.

O romance é o meu e o seu;
Da menina de vestido azul.
Do rapaz que a salvou e do amor
Que encontrou num mesmo olhar.
É da vida de um professor,
Da flor que desabrochou.
Dos meninos que amam iguais,
Da mãe do pai;

É a história do velho e do novo
Do esperto e do tolo;
Um conto aberto, cada dia único,
Vividos de uma maneira
Que NINGUÉM contou.

© Diego França 2012 *

Um feliz dia dos namorados a todos os amantes! 

0 comentários:

Postar um comentário

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"