****

Quem viveu o tempo das cartas de amor, cartas de notícias de um parente que está longe ou de amigos, e ainda quem não viveu essa fase gostosa de escrever a mão e com paixão declarações de amor, vai poder aproveitar e deliciar-se com esse ato de escrita que, infelizmente, é escasso nos dias de hoje. Quem vai nos oferecer reviver  isso é o queridíssimo Mauricio Gomyde em seu livro, ‘Ainda não te disse nada’.


O livro conta a história de Marina, uma menina do interior que escolhe viver na cidade grande a seguir o destino de tornar-se padeira na padaria do pai. Marina é bonita e sonha com o mercado da moda. No entanto, inicialmente, trabalha numa agência de correios na grande São Paulo e é lá onde se depara com uma pessoa e um ato que, num futuro bem próximo, mudará sua vida. Ela é simpática, engraçada, dedicada e romântica. Sonha com o amor que ‘irá tirá-la do chão’, mas vive empenhada com o seu blog e o seu sonho de ser uma estilista de sucesso. Enquanto a história vai se desenrolando, vamos descobrindo o quanto uma carta pode mudar muita coisa, e palavras positivas fazem toda a diferença e, mais que isso, o amor é capaz de ultrapassar barreiras desconhecidas. Podemos curtir letras de belas canções, situações tão ‘reais’, que nos permite participar da história e viajar como se fossemos personagens.

Com personagens bem escritas e situações engraçadas o autor consegue prender a atenção do leitor com a doçura que traz nas palavras, sejam elas num momento cômico ou de puro romance. Na leitura você poderá conhecer as amigas da Marina, meninas que têm um astral admirável e estudam na mesma turma da faculdade; Os pais Italianos da garota e seus irmãos gêmeos; Uma mulher que faz um trabalho que, de início, parece  falso, mas é a parte da história onde nos faz rever conceitos e opiniões sobre determinados assuntos e atitudes na vida, além de uma personagem especial que dará todo um sentido à história e ao ‘Anjo carteiro’.

Andei pesquisando o trabalho do Maurício Gomyde e tenho me apaixonado muito pelas coisas que faz. Esse livro entrou para estante de prediletos e eu indico que vocês possam lê-lo assim que possível. Quem já leu entende do que estou falando, quem não leu ainda precisa saber de muita coisa, porque eu ‘ainda não te disse’ quase nada do que realmente você pode encontrar nas folhas do livro.

2012 © Diego França 

3 comentários:

  1. Parece ser realmente um livro muito bom.
    Entrando na lista em 3, 2, ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. POis é Edenilton, muito bom mesmo! Coloca ai na lista para enfeitar sua estante. Eu indico facin'

      Excluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"