25.12.11

O presente


Havia um menino sentado num canto da cidade, cabeça entre as pernas, encostado num muro de um monumento qualquer. A rua estava escura e deserta, assim como a alma daquele garoto. É noite de natal, mas ele sabe onde está? – penso. Sabe como é ter um lar, uma família e uma ceia? Será que conhece a história de papai Noel e, com toda sua inocência, espera pelo velhinho trazendo seus presentes? Havia esperança na vida daquele menino de cabelos negros sentados num espaço qualquer de uma rua?

De repente nada mais importou. Uma luz à sua frente o fez levantar a cabeça e, dos olhos negros, uma doce esperança. O menino entusiasmado perguntou:

- Papai Noel, você existe? Trouxe-me um presente?! - E o velhinho lhe estendeu a mão respondendo-lhe:

- Trouxe vida a seus sonhos. Porque esse nunca pode lhe faltar. Nunca deixe que lhe roubem os sonhos e a esperança de um dia melhor.

E então, uma estrela no céu brilhou mais forte quando o menino abriu um sorriso feliz, lhe estendeu a mão e o abraçou.


Um Feliz Natal a todos e lembrem-se: A essência da vida está na capacidade que temos de sonhar. 

2011 © Diego França


4 comentários:

  1. NOS-SA ! Parabéns Diego, arrasou hein!

    Ameeei ! Feliz Natal atrasado, tudo de bom pra ti e pra tua família ^^

    Beeijos!
    www.bloglendoeaprendendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Dinho eu achei lindo!
    Ter esperança e sonhar faz toda a diferença.

    ResponderExcluir
  3. Nossa ai que lindo, é td o que td mundo precisa por esses dias, acho que o espirito baixou kkkkk.

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Bom, cheguei um pouco atrasado para o natal, rs, mas como todo dia é dia de se nascer de novo e permitir que novas luzes brilhem dentre de nós, tá valendo não é! Grande abraço para você!

    ResponderExcluir

"Agora que você já leu, que tal participar deixando seu comentário?"